O Clicky me paga

17 setembro, 2007 por Doufer

Clicky Web Analytics

Ainda não pagou mas já estou juntando uma pequena quantia que por apenas 35 centavos de dólar não paga 1 ano de assinatura premium. Somente com o artigo Google Analytics killer, que me rendeu 5 dólares de cortezia, mais a imagem na barra lateral, com meu código de afiliado, consegui juntar U$19.64.

Clicky Web Analytics

Se eu elevar esse valor a U$19.99 posso assinar uma conta Blogger premium ou então retirar pelo Paypal. Agradecimentos especiais ao Janio, que deu (opa!) a dica.

Como “(epa!)” é marca registrada do Cardoso, vou usar “(opa!)” nos meus textos. ( :

Google Analytics killer

26 julho, 2007 por Doufer

Clicky Web Analytics

Visitando o amigo de fé, Janio, e também depois o Lucrando na Rede acabei por encontrar um serviço WEB 2.0 deveras interessante o Clicky Web Analytics.

Pois bem, a nova interface do Google Analytics ainda é sombria pra mim e faltam recursos que existiam na versão anterior, então, por que não tentar? Segui o link e fui ver se o serviço ao menos se equiparava ao Google Analytics e levei um susto danado! Além de ter uma interface simples ele traz um relatório real-time, em ajax, da visitas do seu site/blog!

E em momentos como o do hype do acidente da TAM, onde a maior parte do tráfego vem do Google, é possível ver como as visitas pipocam em qualquer horário do dia e noite e com qual palavra chave ela chegou até o tal artigo, por qual link saiu e até se fez algum download. É só ir no site clicar em Try the demo e ir na aba Spy, veja o que acontece…

Outro detalhe legal é a integração com o FeedBurner, você cadatra o feed e ele te trás as estatísticas, centralizando a informação pra você! O Clicky também oferece feeds com suas estatísticas pra você acompanhar pelo seu agregador favorito. Eu, por exemplo, tenho uma aba no meu netvibes onde acompanho todas as informações do blog, mas isso é papo pra outro post.

O serviço ainda conta com um modelo de programa de afliados que garante um dindin para os seus indicados que vierem a assinar a versão premium além de poder ganahar 5 dólares por um review como este!

Ajude o tio Doufer e a si mesmo dando uma olhada, aqui!

Abraço!

UPDATE:

Não é que eles são rápidos no pagamento? Minutos após enviar um e-mail informando o endereço do review já tive minhas 5 doletas creditadas!

Crédito

Juntando 10 dólares já é possível resgatar o valor pelo PayPal.

Você cuida do seu Feed?

1 julho, 2007 por Doufer

Neste artigo vou dar algumas dicas de como otimizar o uso do seu feed com a ajuda de alguns plugins, serviços e breves mexidas em código. Se você implementou algumas das dicas fornecidas aqui e se considera um usuário avançado poderá contribuir ainda mais nos comentários. Caso tenha visitado este artigo para ententer, primeiramente, o que é um feed aconselho a leitura do ótimo artigo do Henrique Pereira (Revolução etc) aqui.

Serviços:

Na blogosfera o feedburner domina a maior parte dos usuários que querem manter um feed com mais recursos, ter estatísticas de cliques/usuários e servir o feed em vários sabores (RSS 1.0, 2.0, ATOM…) a gosto do cliente. Você fornece o endereço atual do seu feed, faz o cadastro e configura as opções para colocar o feed a ponto de bala! A partir daí você tem um novo endereço de feed para servir os teus visitantes como ex.: http://feed.feedburner.com/doufer.

Problemas

Um problema quase invisível e que a maioria dos blogs que usam o feedburner enfrentam é a descentralização dos usuários. Sim, parte dos usuários continuam usando o feed antigo do blog e não o novo endereço gerado pelo feedburner.

Solução

Como evitar que isso aconteça? Simples, a maioria dos navegadores de hoje tem opções de assinatura de feeds e eles se guiam por um código específico no head do html e é esse código que você deve alterar colocando o seu novo endereço de feed.
<link href="http://feeds.feedburner.com/doufer" rel="alternate" type="application/rss+xml" title="RSS 2.0" />

Além disso é interessante usar o plugin FeedBurner FeedSmith que automaticamente redireciona o assinante do feed antigo para o novo endereço.

Resultado

Em apenas alguns dias já deu pra notar a diferença de assinantes do novo feed, vaja no gráfico abaixo a diferença brutal de um dia para o outro:

Gráfico de assinantes

A quantidade de visitantes praticamente dobrou, da noite pro dia. Vale a pena.

Gráfico: feedburner

YouTube.com ou Orkut.com?

19 junho, 2007 por Doufer

Orkut ou YouTube?

Por algum motivo as pessoas digitam “orkut.com” ou “youtube.com” no Google e isso me trouxe uma grande quantidade de visitantes aqui pro blog. Foi mais ou menos por acaso, tudo começou quando eu escrevi o artigo “Orkut com vídeos do YouTube” que se tornou o 4º artigo com mais visitações oriundas do Google desde a sua publicação até os dias de hoje.

Quando você digita “orkut.com”, no Google e na maioria dos buscadores, o “.” (ponto) é ignorado mandando para a query o termo “orkut com”. Como o título do meu artigo é “Orkut com vídeos do YouTube” ele aparece nas buscas.

– Mas pra aparecer na primeira página você tem que ter um bom pagerank, né tio Doufer?
– Sim.

Acontece que eu fui o primeiro a postar sobre o assunto e isso me rendeu um link do blog Techbits que me garantiu bom posicionamento (8º) na busca que pode ser conferida aqui: orkut.com

E o título desse post veio também pra medir a quantidade de tráfego que o “youtube.com” pode trazer pra cá. Fique a vontade pra sua aposta e cuidado com dados do Trends e do Alexa eles não trazem dados só do Brasil.

Agora só falta ser linkado por alguém pra ir pra primeira página. ( :

LALA.COM MP3 do site direto pro iPod

5 junho, 2007 por Doufer

lala logo antigo

O site LALA.COM que antes focava na venda de música, começou desde o dia 5 de Junho a oferecer o carregamento de iPods via Internet ao invés de exclusivamente via iTunes, facilidade de importação e armazenamento grátis das músicas da biblioteca do usuário.

Uma parceria feita com a Warner diz oferecer audio e vídeo 30% mais baratos que lojas concorrentes como a Amazon e iTunes.

Dando uma breve navegada pela loja percebi uma grande melhora na velocidade de reprodução das músicas se comparado ao Last.fm. A Apple que se cuide…

Fonte: IDG Now e AplleMania