Nuvem

A tecnologia móvel chegou a outro patamar com o advento dos serviços de armazenamento em nuvem, que permite que os usuários de dispositivos móveis guardem seus arquivos, documentos, fotos e tudo o mais diretamente na Internet. Além de poupar o armazenamento físico interno do, por exemplo, smartphone, essa tecnologia permite o acesso a esses dados de qualquer lugar e em qualquer dispositivo.

A possibilidade de compartilhamento de vários arquivos com várias pessoas torna o armazenamento em nuvem um recurso especialmente útil no ambiente corporativo, melhorando a produtividade pela facilidade de comunicação e trabalho remoto entre funcionários, colaboradores, clientes, etc.

O grande problema do armazenamento em nuvem é justamente essa facilidade e universalidade de acesso. Os recentes casos de vazamento de informações confidenciais de Estado (como no WikiLeaks) e de fotos íntimas de celebridades falam por si só: não existe lugar seguro na Internet.

Não é porque está na nuvem que há um anjo protegendo

Se até mesmo informações de governos por todo o mundo vazaram na Internet, o que te leva a crer que os dados que estão armazenados no seu telefone estão completamente seguros? Às vezes, o usuário acredita até que não há nenhum arquivo tão importante assim que seja “vazável”, mas só se dá conta do prejuízo depois que já aconteceu.

“Perder” algum tempo estabelecendo configurações de segurança para os dados do seu smartphone e para o seu serviço de armazenamento em nuvem pode ser de vital importância no futuro.

Aumente a segurança de seus dados na nuvem com:

  • Criptografia de dados: é o meio mais acessível e seguro para proteger os seus dados. A maioria dos smartphones e tablets possui configurações bem simples de criptografia de dados, que nada mais é do que um recurso que permite a codificação dos dados do seu dispositivo, tornando-os acessíveis somente através de uma senha criada pelo próprio usuário.
    Além de ser um excelente meio de proteção contra ameaças virtuais, a criptografia de dados também é bastante útil para a hipótese mais provável, simples e arriscada de azar envolvendo telefone: perdê-lo. Se você perder o seu smartphone, ou for furtado / assaltado, como seus dados estarão criptografados e só você sabe a senha, ninguém terá acesso a eles.
  • Mantenha o antivírus atualizado: muitas pessoas ignoram a importância de um antivírus no telefone, mas ignoram o fato de que, hoje em dia, os smartphones e tablets são usados como extensões dos computadores e primariamente para acessar a Internet, de modo que as ameaças comuns dos computadores também podem afetar seus dispositivos mobile. Proteja-os com um antivírus atualizado: a maioria das empresas que oferecem um bom serviço de antivírus para computadores pessoais também oferece um serviço idêntico para dispositivos móveis.
  • Utilize senhas fortes: não é propriamente uma dica; já é quase um mandamento da Internet. Uma senha forte é mais difícil de ser adivinhada ou quebrada e garante a proteção mais simples de qualquer serviço que você usufrua com o seu dispositivo. Procure evitar fatos conhecidos como data de nascimento, nome de familiares ou namorada e busque combinações aleatórias e diversificadas de letras, números, maiúsculas e minúsculas – ou arranje um app como o LastPass, que cria e armazena senhas para você.

Por Marcos Chaves, colaborador do site Celular Corporativo.
Imagem via feitoparahomens.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Você é novo por aqui? Assine o feed dos posts. Obrigado!
Você pode deixar um comentário, ou enviar um trackback do seu site.